CONTEÚDOS EXCLUSIVOS CANAL S+

 “A testagem foi a principal arma no combate à Covid-19 na Dinamarca” – afirma médico português

 “A testagem foi a principal arma no combate à Covid-19 na Dinamarca” – afirma médico português

Covid:19 - “Reconstruimos os hospitais sem que se visse de fora “– afirma coordenador grupo controlo infeção e resistência aos antimicrobianos da Luz Saúde
 

Covid:19 - “Reconstruimos os hospitais sem que se visse de fora “– afirma coordenador grupo controlo infeção e resistência aos antimicrobianos da Luz Saúde

 

Covid:19 - “Tomei decisões difíceis neste último ano que nunca pensei ter de tomar na minha vida como deixar doentes em casa e em lares que não vão sobreviver “– afirma paramédico português no Reino Unido
 

Covid:19 - “Tomei decisões difíceis neste último ano que nunca pensei ter de tomar na minha vida como deixar doentes em casa e em lares que não vão sobreviver “– afirma paramédico português no Reino Unido

 

Covid-19: “A revermos a percentagem para imunidade de grupo é em baixa e nunca em alta” – afirma co-diretor da Champalimaud Research

Covid-19: “A revermos a percentagem para imunidade de grupo é em baixa e nunca em alta” – afirma co-diretor da Champalimaud Research

Funerais Covid-19: “Consideramos esta norma da DGS despropositada, fora do contexto e no timing errado “– afirma Associação Nacional de Empresas Lutuosas (ANEL)

Funerais Covid-19: “Consideramos esta norma da DGS despropositada, fora do contexto e no timing errado “– afirma Associação Nacional de Empresas Lutuosas (ANEL)

Vacinação Covid-19: “Julgo que satisfeito com a vacinação ninguém estará. Penso que quem estará mais insatisfeito deve ser o Governo” – afirma presidente da Câmara de Oeiras

Vacinação Covid-19: “Julgo que satisfeito com a vacinação ninguém estará. Penso que quem estará mais insatisfeito deve ser o Governo” – afirma presidente da Câmara de Oeiras

Vacinação Covid-19: “Todos nós gostaríamos de ter já mais vacinas. O importante é estarmos todos mobilizados “– defende autarca de Almada

Vacinação Covid-19: “Todos nós gostaríamos de ter já mais vacinas. O importante é estarmos todos mobilizados “– defende autarca de Almada

Vacinação Covid-19: “Este processo respeitando os limites técnicos necessários tem de ser o mais descentralizado possível” – afirma autarca de Cascais
 

Vacinação Covid-19: “Este processo respeitando os limites técnicos necessários tem de ser o mais descentralizado possível” – afirma autarca de Cascais

 

Covid-19: “Vejo com bons olhos esta possibilidade desde que a empresa russa que está a desenvolver a vacina disponibilize às autoridades europeias toda a evidência “ – afirma professor de Farmacologia

Covid-19: “Vejo com bons olhos esta possibilidade desde que a empresa russa que está a desenvolver a vacina disponibilize às autoridades europeias toda a evidência “ – afirma professor de Farmacologia

Covid-19: “Temos tido uma estratégia desde Maio que não se tem revelado a mais adequada “, afirma epidemiologista Manuel Carmo Gomes

Covid-19: “Temos tido uma estratégia desde Maio que não se tem revelado a mais adequada “, afirma epidemiologista Manuel Carmo Gomes

Covid:19 - “Ninguém sabe se o plano é bom, porque ninguém sabe qual é o plano“– afirma professor de Farmacologia da Universidade de Lisboa
 

Covid:19 - “Ninguém sabe se o plano é bom, porque ninguém sabe qual é o plano“– afirma professor de Farmacologia da Universidade de Lisboa

 

Covid:19 - “Este vírus já deve ter mutado em todas as possíveis posições dos seus nucleótidos “ – afirma virologista do IMM da Universidade de Lisboa

Covid:19 - “Este vírus já deve ter mutado em todas as possíveis posições dos seus nucleótidos “ – afirma virologista do IMM da Universidade de Lisboa

Future of Health
INFORMAÇÃO AO MINUTO

12H42

Covid-19: Empresa de Ambiente do Pinhal Interior reduz tarifas fixas aos clientes domésticos e isenta empresas

A Empresa Intermunicipal de Ambiente do Pinhal Interior (APIN), que agrega 10 municípios dos distritos de Coimbra e Leiria, vai reduzir em 25% as tarifas fixas aos clientes domésticos em fevereiro, março e abril, foi hoje anunciado. Em comunicado, a empresa anuncia também que as empresas, indústrias e comércio vão ficar isentos a 100% do pagamento da tarifa fixa nos mesmos meses.

12H30

Covid-19: Bulgária suspende "corredores de vacinação" e culpa AstraZeneca

O Governo búlgaro suspendeu hoje os chamados "corredores verdes", abertos há seis dias para quem quisesse ser vacinado, devido ao fornecimento insuficiente de vacinas, responsabilizando a farmacêutica AstraZeneca por não cumprir a entrega das doses encomendadas. "Suspendemos temporariamente os corredores verdes devido à falta de vacinas", disse o ministro da Saúde, Kostadin Angelov, numa conferência de imprensa pela Internet. “No dia 22 de fevereiro, 117 mil doses chegaram ao país e são 333 mil doses a menos que o prometido” pela AstraZeneca, acrescentou.

12H04

Covid-19: Um ano depois, Brasil é o terceiro país com mais infetados

O primeiro caso de covid-19 no Brasil foi confirmado em 26 de fevereiro de 2020 pelo Ministério da Saúde e, um ano depois, o país é o terceiro do mundo em número de infetados, com 10,3 milhões de casos, atrás dos Estados Unidos e da Índia. Com uma população de 210 milhões habitantes, o país sul-americano registou uma média de 47.500 novos casos nos últimos 14 dias. Até quarta-feira, havia 4.913 casos acumulados de covid-19 por 100 mil habitantes no Brasil.

12H03

Covid-19: Vírus continua fora de controlo um ano após chegar ao Brasil

Especialistas consideram que a transmissão da covid-19 continua descontrolada no Brasil, um ano depois de ter sido detetada, e há respostas ineficientes das autoridades, um alto grau de polarização e crise económica. Daniel Knupp, médico e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), criticou as ações do Governo no combate ao novo coronavírus, detetado pela primeira vez no Brasil em 26 de fevereiro do ano passado.

11H34

Covid-19: Vacina chinesa usada em vários países ainda não foi revista para África

O Centro para a Prevenção e Controlo de Doenças da União Africana (África CDC) disse hoje que ainda não recebeu informação sobre as vacinas chinesas contra a covid-19, apesar de estarem a ser usadas em vários países. "Ainda não recebemos o dossiê da China, mas continuamos otimistas que venham a submeter essa informação", disse o diretor do África CDC, John Nkengasong, durante a conferência de imprensa semanal sobre a pandemia.

11H32

Covid-19: Finlândia vai aumentar medidas para combater a propagação do vírus

A Finlândia vai declarar estado de emergência e aumentar drasticamente as medidas pata conter a covid-19, incluindo encerrar bares e restaurantes durante três semanas a partir de 08 de março, anunciou hoje o Governo finlandês. A primeira-ministra, Sanna Marin, destacou numa conferência de imprensa que a situação epidemiológica no país nórdico agravou-se este ano, em parte devido à disseminação de novas variantes do vírus, mais contagiosas que a original.

11H00

Covid-19: Farmácia central timorense preocupada com fornecimento elétrico para vacinas

O responsável da farmácia central timorense manifestou-se hoje preocupado com o impacto que os cortes de fornecimento elétrico poderão ter no armazenamento a frio das vacinas contra a covid-19. “Estamos preocupados com os cortes de energia elétrica e, por isso, pedimos à EDTL atenção ao fornecimento de eletricidade, nomeadamente na área de Kampung Alor. Temos um gerador de reserva, mas, se falhar ou houver um corte de uma a duas horas, poderá haver implicações para a temperatura da vacina”, disse Santa Martins, diretor do Serviço Autónomo de Medicamentos e Equipamentos de Saúde (SAMES), citado pelo jornal Timor Post.

10H48

Covid-19: Pequim nega obrigação de testes anais a diplomatas norte-americanos

A República Popular da China negou hoje que diplomatas norte-americanos no país tenham de submeter-se a testes anais de deteção de SARS CoV-2, após notícias publicadas em Washington sobre pessoal diplomático obrigado a submeter-se ao procedimento. Zhao Lijian, porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Pequim disse hoje em conferência de imprensa que "a China nunca pediu a diplomatas norte-americanos na China para fazerem o teste anal". 

10H26

Covid-19: África com mais 373 mortos e 11.782 casos nas últimas 24 horas

África registou mais 373 mortos nas últimas 24 horas devido à covid-19, para um total de 102.470 óbitos, e 11.782 novos casos do novo coronavírus, segundo os dados oficiais mais recentes da pandemia na região. De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), sediado em Adis Abeba, Etiópia, o total de casos é de 3.856.581 e o número de recuperados nas últimas 24 horas nos 55 Estados-membros da organização voltou a ser superior ao de novos casos (12.771), totalizando 3.421.526.

10H13

Município de Seia comparticipa compra de medicamentos a idosos e pensionistas

A Câmara Municipal de Seia vai apoiar idosos e pensionistas na compra de medicamentos, ao abrigo do Programa Municipal de Comparticipação em Despesas com Medicamentos, cujas candidaturas vão decorrer durante o mês de março, foi hoje anunciado. Em comunicado enviado à agência Lusa, a autarquia de Seia, presidida por Carlos Filipe Camelo, refere que este ano “alocou uma verba de 5.000 euros destinada a apoiar idosos e pensionistas por invalidez na compra de medicamentos, até um limite de 50 beneficiários”.

09H23

Covid-19: Alemanha regista 11.869 infeções e 385 mortes em 24 horas

A Alemanha registou 11.869 infeções pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, ocorrendo um aumento de novos casos em relação ao dia anterior (10.207), e 385 mortes, segundo os dados do Instituto Robert Koch de Virologia (RKI) atualizados hoje de madrugada. O número de mortes no último dia foi contudo inferior aos 534 óbitos atribuídos a covid-19 nas 24 horas antes, de acordo com as autoridades de saúde.

09H02

Covid-19: Taiwan aligeira restrições à entrada de estrangeiros a partir de 01 de março

Taiwan vai começar a levantar algumas restrições à entrada de visitantes estrangeiros a partir de 01 de março, permitindo igualmente a escala de passageiros em trânsito no aeroporto internacional, anunciaram as autoridades. O Centro Central de Comando da Epidemia de Taiwan informou que os visitantes que desejem deslocar-se à ilha em viagens de negócios podem solicitar uma autorização especial nos escritórios de representação do território no estrangeiro, segundo a agência Associated Press (AP).

08H25

Covid-19: Autoridades timorenses identificam origem de surto junto à fronteira

As autoridades de saúde timorenses anunciaram hoje terem detetado um novo caso de infeção de covid-19, que pensam ter estado na origem do contágio de pelo menos seis pessoas numa aldeia próxima da fronteira com a Indonésia. Rui Araújo, coordenador da força de ação para a Prevenção e Mitigação da covid-19 da Sala de Situação do Centro Integrado de Gestão de Crise (CIGC), disse aos jornalistas que o caso hoje confirmado foi detetado no âmbito do processo de rastreio de contactos na zona.

08H19

Covid-19: China soma sete novos casos, todos oriundos do exterior

A Comissão de Saúde da China anunciou hoje que foram diagnosticados sete casos de covid-19, nas últimas 24 horas, todos oriundos do exterior. Os casos foram detetados em viajantes oriundos do exterior nas cidades de Xangai (leste) e Tianjin (nordeste) e nas províncias de Guangdong (sudeste), Sichuan (centro) e Shandong (nordeste). A Comissão de Saúde chinesa indicou que, até à meia-noite (16:00 de quarta-feira em Lisboa), o número total de infetados ativos na China continental se fixou em 281, entre os quais um em estado grave.

08H19

Covid-19: Índia com 138 mortos e 16.738 novos casos

A Índia registou 138 mortes por covid-19 e 16.738 casos nas últimas 24 horas, anunciou hoje o Ministério da Saúde indiano. O país tem vindo a reduzir a progressão da doença nos últimos meses, depois de atingir o valor mais alto de infeções em meados de setembro de 2020, com 97.894 contágios num só dia.

08H18

Covid-19: Cabo Verde investiu mais de 11 M€ na saúde mas há capacidades que não foram necessárias – ministro

A covid-19 levou Cabo Verde a investir mais de 11 milhões de euros no reforço do Sistema Nacional de Saúde, mas algumas capacidades, como ventiladores e camas destinadas à doença, não chegaram a ser necessárias, disse o ministro da Saúde. Em entrevista à agência Lusa, Arlindo do Rosário recordou, desde logo, que quando o primeiro caso de covid-19 foi diagnosticado em Cabo Verde, em 19 de março de 2020, o país ainda não tinha capacidade laboratorial para realizar testes PCR ao novo coronavírus, cujas amostras eram analisadas no exterior. “Neste momento, temos seis laboratórios, três em Santiago, um no Fogo, um em São Vicente, um no Sal e com a perspetiva de ainda no mês de março termos mais um laboratório de virologia na ilha da Boa Vista”, avançou o ministro da Saúde, recordando que essa rede nacional de laboratórios públicos, que atualmente chega a processar mais de mil amostras por dia, começou com um laboratório de virologia que foi preciso “capacitar”.

08H17

Covid-19: Vacinas da Pfizer e da AstraZeneca esperadas em Cabo Verde a partir de março – ministro

O ministro da Saúde cabo-verdiano garantiu hoje que os procedimentos para aquisição das vacinas contra a covid-19 da Pfizer e da AstraZeneca estão concluídos e as primeiras doses deverão chegar em março, admitindo ainda usar a russa e chinesa. Em entrevista à agência Lusa, o ministro Arlindo do Rosário esclareceu que a aquisição das vacinas através da plataforma Covax, suficientes para imunizar 35% da população, vai recorrer às duas principais fabricantes mundiais atuais, embora ainda sem data oficial para entrega. “Com toda a frontalidade, ainda não sabemos. Já fizemos tudo o que era necessário, em termos de procedimentos, os trâmites. O último era junto das empresas fornecedoras, já assinámos o termo de compromisso com essas empresas. Agora está com a Covax indicar a data em que a vacina poderá ser disponibilizada e entregue a Cabo Verde”, afirmou.

08H16

Covid-19: Cabo Verde consegue vacinar pelo menos 35% da população em 2021 – ministro

O ministro da Saúde cabo-verdiano afirmou hoje que a taxa de cobertura anual de 20% do plano de vacinação contra a covid-19 é uma previsão técnica, garantindo ser possível imunizar pelo menos 35% da população este ano. Em entrevista à agência Lusa, Arlindo do Rosário explicou que essa previsão de cobertura, que consta do plano – apontando vacinar 60% da população até 2023 -, foi estabelecida com base na informação atual, face à falta de disponibilidade de vacinas global, e como precaução. “Na realidade, nós estamos a falar de um plano técnico, mas que necessariamente será - poderá ser - encurtado e eventualmente até apenas num ano, em função da disponibilidade das vacinas”, apontou.

08H16

Covid-19: México com 1.006 mortos e 8.642 casos em 24 horas

O México registou 1.006 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, acumulando agora 182.815 óbitos desde o início da pandemia, disseram na quarta-feira as autoridades mexicanas. A Secretaria de Saúde mexicana acrescentou ter detetado 8.642 contágios, para um total de 2.060.908 casos desde o início da pandemia.

08H15

Covid-19: Mais de 25 mil residentes de Macau marcaram vacinação, menos de 4% da população

Mais de 25 mil residentes de Macau marcaram a administração da vacina contra a covid-19, informaram hoje as autoridades em comunicado. Macau iniciou a vacinação de grupos prioritários a 09 de fevereiro e a 22 alargou-a a todos os residentes. No território vivem atualmente 683 mil pessoas, o que significa que menos de 4% da população pediu até agora para ser vacinada.

08H15

Covid-19: Estados Unidos contam 2.337 mortos e 71.836 casos em 24 horas

Os Estados Unidos registaram 2.337 mortos causados pela covid-19 nas últimas 24 horas, e 71.836 casos, indicou na quarta-feira a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins. Desde o início da pandemia, o país acumulou 504.819 óbitos e 28.327.996 casos da doença.

08H14

Covid-19: Senado do Brasil dá primeiro passo para que empresas comprem vacinas

O Senado brasileiro aprovou na quarta-feira um projeto de lei, que ainda será analisado pela Câmara dos Deputados, que autoriza as empresas privadas do país a comprarem as suas próprias vacinas contra a covid-19. As únicas condições impostas pela proposta são que 50% das doses adquiridas sejam doadas à rede pública de saúde do Brasil e que as vacinas tenham sido previamente aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão que regulamenta o setor no país.

22H40

Covid-19: Brasil aproxima-se de 250 mil mortes após somar 1.428 óbitos em 24 horas

O Brasil contabilizou hoje 1.428 óbitos devido à covid-19, e aproxima-se de um total de 250 mil mortes (249.957) desde o início da pandemia, registada no país há quase um ano, informou o executivo. O país sul-americano registou ainda 66.588 novos casos de infeção entre terça-feira e hoje, totalizando 10.324.463 diagnósticos positivos, de acordo com o último boletim epidemiológico difundido pelo ministério da Saúde.

21H59

Covid-19: Rio de Janeiro retoma vacinação na quinta-feira após suspensão por falta de doses

A cidade brasileira do Rio de Janeiro retomará na quinta-feira a vacinação contra a covid-19 para idosos, após ter sido suspensa na semana passada por falta de doses, informou hoje a autarquia. "A vacinação será retomada nesta quinta-feira, para idosos com 82 anos. Na sexta-feira, serão vacinados idosos com 81 anos e no sábado os de 80 anos. As demais datas serão divulgadas após a chegada de novas doses da vacina", indicou a prefeitura do Rio de Janeiro na rede social Twitter.

21H01

Covid-19: Mais de 30 mil novos casos do vírus em 24 horas em França

A França registou hoje 31.519 novos casos, o número mais elevado de novas contaminações desde novembro, e o Governo instituiu novas medidas restritivas na região norte do país para conter a pandemia. O ministro da Saúde, Olivier Véran, esteve hoje na cidade de Dunquerque, no norte de França, e anunciou um confinamento local ao fim de semana, com o reforço da vacinação na região. Estas novas medidas vão ter impacto em cerca de 250 mil pessoas.

20H00

Covid-19: PR do Brasil volta a criticar condições da Pfizer para vender vacina

O Presidente do Brasil voltou hoje a criticar as condições da Pfizer para a venda da vacina contra a covid-19, um dia após as autoridades de saúde brasileiras aprovarem o registo definitivo da fórmula do laboratório norte-americano. Jair Bolsonaro mostrou o seu desconforto numa conferência de imprensa no estado amazónico do Acre, onde disse que entre as condições da Pfizer existe uma "cláusula" que isenta a empresa de "toda responsabilidade" face a "possíveis efeitos colaterais" da sua fórmula, elaborada em conjunto com a empresa alemã BioNTech.

19H28

Covid-19: Um morto e 72 novos casos positivos em Cabo Verde em 24 horas

Cabo Verde registou mais uma morte provocada pela covid-19, chegando aos 145 óbitos associados à doença no país, que contabilizou 72 novos infetados em 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde. Em comunicado, o ministério cabo-verdiano adiantou que nas últimas 24 horas foram analisadas 814 amostras, das quais 72 deram resultado positivo para o novo coronavírus, e desses 37 foram registados na cidade da Praia, que aumentou para 186 casos ativos.

19H27

Covid-19: Profissionais de saúde romenos chegam à Eslováquia após pedido de ajuda

Uma equipa da Roménia composta por cinco médicos e nove enfermeiros chegou hoje à Eslováquia para ajudar os serviços de saúde eslovacos na resposta à pandemia de covid-19, após Bratislava ter pedido ajuda aos parceiros na União Europeia (UE). "A equipa médica romena chegou esta quarta-feira à Eslováquia", disse o porta-voz do Ministério do Interior, Peter Lazarov, em declarações à agência francesa AFP.

19H08

Covid-19: Angola com mais 56 casos, um óbito e 14 doentes recuperados

Angola registou 56 novas infeções pelo novo coronavírus, mais uma morte e 14 doentes considerados recuperados nas últimas 24 horas, anunciou o secretário de Estado para a Saúde Pública. De acordo com Franco Mufinda, os casos foram registados em Luanda (42), Cabinda (06), Benguela (02), Huambo (02), Lunda Norte (01) e Malanje, com idades entre 2 e 75 anos, dos quais 30 do sexo masculino e os restantes do sexo feminino.

18H44

Covid-19: Lei de Israel permite às autoridades identificar os não vacinados

O Parlamento israelita autorizou hoje o Ministério da Saúde a comunicar às autoridades do país as identidades de pessoas não vacinadas contra a covid-19, levantando preocupações sobre a privacidade dos cidadãos que recusam a vacina. Uma lei aprovada com 30 votos a favor e 13 contra dá às autoridades locais, ao diretor-geral do Ministério da Educação e a alguns membros do Ministério dos Assuntos Sociais a possibilidade de obter os nomes, endereços e números de telefone de pessoas não vacinadas.

18H33

Covid-19: Tacho Solidário garante refeição diária a mais de uma centena de pessoas em Setúbal

“O que damos não nos faz falta” é um dos lemas do Tacho Solidário, iniciativa que todos os dias garante uma refeição a mais de uma centena de pessoas, de famílias carenciadas e sem-abrigo, em Setúbal. “As pessoas de Setúbal, quando há um apelo à solidariedade, são muito unidas. Quando começámos com o Tacho Solidário, em maio do ano passado, pensei que só íamos conseguir fazer isto durante um ou dois meses”, disse à agência Lusa Cristina Augusto, que deu o pontapé de saída desta iniciativa de solidariedade social.

18H22

Covid-19: São Tomé e Príncipe com mais um óbito e 17 infeções

São Tomé e Príncipe registou hoje mais um óbito associado à covid-19 e 17 novos casos, elevando para 17 o número total de mortes e 1.672 pessoas infetadas pelo novo coronavírus, disse a porta-voz do Ministério da Saúde. Isabel dos Santos disse que a vítima mortal é uma mulher de 82 anos, que morreu no hospital de campanha. De acordo com a porta-voz, das 17 infeções registadas nas últimas 24 horas, 16 são da ilha de São Tomé e uma da Região Autónoma do Príncipe, que tem no momento quatro pessoas em isolamento domiciliar.

18H05

Covid-19: Itália recusa baixar restrições com contágios a subir e 318 mortes em 24 horas

A Itália registou 16.424 novos casos de covid-19 e 318 mortes devido à doença nas últimas 24 horas, confirmou hoje o Ministério da Saúde, enquanto as autoridades insistem que ainda não é conveniente levantar restrições. Os casos anunciados hoje representam o maior número de novos casos desde 10 de janeiro, quando se registaram 18.627 infeções.

18H01

ANSIÃO: Município entrega equipamentos de proteção a bombeiros

A Câmara de Ansião entregou à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ansião equipamentos de proteção individual, “para fazer face às crescentes necessidades de aprovisionamento deste material por parte da corporação”, foi hoje anunciado. No seguimento de um levantamento das necessidades imediatas efetuado pelo Serviço Municipal de Proteção Civil, “a autarquia distribuiu 80 fatos de proteção integral, 200 batas descartáveis, 200 aventais descartáveis, 4.000 luvas, 800 cobre-botas e 800 máscaras cirúrgicas”.

17H59

Covid-19: Moçambique regista mais duas mortes e 325 novos casos

Moçambique registou a morte de mais dois pacientes com covid-19, elevando o total de óbitos para 608, e outras 325 pessoas foram infetadas nas últimas 24 horas, anunciou hoje o Ministério da Saúde. Os dois óbitos, de pessoas com 57 e 58 anos, ocorreram entre hoje e terça-feira, referiu uma nota de atualização de dados sobre a pandemia.

17H45

Covid-19: EUA distribuem 25 milhões de máscaras e mais até quatro milhões de vacinas

Os Estados Unidos avançaram hoje com a possível distribuição "na próxima semana” de até quatro milhões de doses da vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson, caso o fármaco obtenha em breve a autorização de utilização de emergência. A par deste anúncio, a administração norte-americana, liderada pelo Presidente Joe Biden, divulgou também hoje que vai distribuir de forma gratuita 25 milhões de máscaras de proteção individual junto da população do país a partir do próximo mês de março.

17H42

Cabo Verde prepara medidas para eventual surgimento de casos de gripe das aves

A Direção Geral de Agricultura, Silvicultura e Pecuária cabo-verdiana não registou qualquer suspeita de casos de gripe aviária no país, mas indicou hoje que já está a preparar medidas em caso de aparecimento de qualquer surto. O órgão de administração veterinária nacional fez o anúncio após o Centro Regional de Saúde Animal em Bamaco, no Mali, (CRSA) ter alertado sobre o ressurgimento da gripe aviária altamente patogénica nos países da África Ocidental.

17H33

Moçambique/Ciclones: OIM alerta para "congestionamento" de centros de acomodação

A Organização Internacional das Migrações (OIM) alertou hoje para a situação de "congestionamento" de centros de acomodação que acolhem famílias desalojadas pelas intempéries em Moçambique. "Em alguns centros de acomodação, como no Buzi, chega a haver 10 pessoas a partilhar o mesmo abrigo", lê-se num relatório da OIM.

17H32

Covid-19: África do Sul inscreve no orçamento 568 milhões de euros para vacinação

A África do Sul, cuja economia foi fortemente afetada pela covid-19, fez da vacinação uma prioridade, destinando 568 milhões de euros a este programa no Orçamento do Estado, apresentado hoje ao parlamento sul-africano. A meta do Governo sul-africano é vacinar dois terços da população de 59 milhões de habitantes até ao final do ano.

17H30

UE/Presidência: Setor floresta manifesta preocupação sobre proposta do PRR

Associações do setor florestal manifestaram hoje preocupação sobre o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), contestando a falta de participação na elaboração da proposta e defendendo que é preciso fazer diferente e considerar a diversidade do território. “Ou o fogo é uma nova espécie florestal ou o fogo é um novo tipo de povoamento florestal”, criticou Pedro Serra Ramos, da Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente (ANEFA), considerando que o PRR continua a assentar a política florestal na questão do fogo, em que “mais de 50%” das verbas propostas para o setor estão destinadas à prevenção e combate aos incêndios rurais.

17H16

Covid-19: Espanha registou 9.212 casos e 389 mortes nas últimas 24 horas

A Espanha registou 9.212 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 3.170.644 o total de infetados até agora no país, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol. As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 389 mortes desde segunda-feira atribuídas à covid-19, passando o total de óbitos para 68.468. O número de novos casos subiu de terça-feira para hoje de 7.461 para 9.212, e o de mortes baixou de 443 para 389.

17H05

Covid-19: Polónia impõe mais restrições e uso obrigatório de máscara

O Governo polaco anunciou hoje a obrigatoriedade do uso de máscaras a partir do próximo sábado, restrições para quem entre no país desde a Eslováquia e República Checa e o encerramento de atividades em diversas zonas do país. As restrições foram anunciadas pelo ministro da Saúde, Adam Niedzielski, após ter sido registado um aumento em 33% dos contágios por covid-19 na última semana.

16H26

Covid-19: Reino Unido regista 442 mortos e ultrapassa 18 milhões de vacinados

O Reino Unido registou 442 mortes atribuídas a covid-19 e 9.938 novos casos da doença nas últimas 24 horas, tendo ultrapassado os 18 milhões de pessoas vacinadas, de acordo com dados publicados hoje pelo Governo britânico. Na terça-feira tinham sido notificadas 548 mortes e 8.489 casos, mas a média dos últimos sete dias é de 402 mortes e 10.485 infeções. No total, morreram no Reino Unido 121.747 pessoas entre 4.144.577 casos de contágio confirmados desde o início da pandemia covid-19.

16H16

Covid-19: Presidente da Câmara de Sintra pede desconfinamento “planeado e consistente”

O presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta, rejeitou hoje um desconfinamento feito de forma “apressada” e apelou ao reforço da vacinação. Em declarações à agência Lusa, o autarca relembrou que o mês de janeiro foi uma “catástrofe”, considerando que a descida do números de novas infeções não pode levar a que se comece "a embandeirar em arco”. “Discordo inteiramente do desconfinamento agora e que seja feito de uma forma apressada e não planeada. Será verdadeiramente criminoso se isso acontecer. O desconfinamento tem de ser feito de forma planeada e consistente. Não podemos repetir o erro do Natal. A nossa economia não resiste, a nossa sociedade não resiste e entraremos num túnel sem saída”, alertou o presidente da Câmara de Sintra.

15H47

Covid-19: Índia promete 100.000 vacinas a Moçambique

O novo alto-comissário da Índia em Moçambique prometeu hoje entregar ao país lusófono 100 mil doses de uma vacina contra o novo coronavírus, à margem da cerimónia de entrega de cartas credenciais ao Presidente moçambicano. O diplomata, Shri Ankan Banerjee, “reiterou a disponibilização de 100 mil vacinas do seu país para Moçambique”, para “fazer face à pandemia”, disse aos jornalistas a ministra moçambicana dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo, no final da cerimónia no Palácio da Presidência, em Maputo.

14H44

Covid-19: Egito torna-se o 35.º país a autorizar a vacina russa Sputink V

O Egito, o país mais populoso do Médio Oriente, registou a vacina russa contra a covid-19 Sputnik V, anunciaram hoje as autoridades da Rússia. Com esta decisão, o Egito tornou-se o 35.º país a autorizar o uso da vacina russa contra o novo coronavírus. "O Egito é o país mais populoso do Médio Oriente. E a inclusão da vacina Sputnik V no portfólio nacional de vacinas demonstra confiança na sua natureza, segura e eficaz", disse o diretor geral do Fundo Direto de Investimento da Rússia, Kiril Dmitriev, num comunicado.

14H33

ALEMANHA: Autoridades concedem licenças a vários testes rápidos para detetar o novo coronavírus

O Instituto Federal de Medicamentos da Alemanha concedeu hoje as primeiras licenças a vários testes rápidos, que podem ser aplicados sem profissionais de saúde. As três primeiras licenças correspondem a testes que são aplicados nas zonas mais rasas das narinas, anunciaram fontes daquela organização, referindo que estão ao alcance de qualquer cidadão. O uso deste tipo de testes também faz parte dos planos do ministro da Saúde, Jens Spahn, para acelerar a deteção de infeções por covid-19.

14H33

BOLÍVIA: País recebeu 500 mil doses da vacina contra a covid-19 do laboratório Sinopharm

A Bolívia recebeu hoje 500.000 doses da vacina chinesa do laboratório Sinopharm, a maior remessa que já chegou ao país, e que deve ser aplicada a todo o pessoal médico e à população em risco como pacientes com cancro ou problemas renais. Uma delegação chefiada pelo Presidente boliviano, Luis Arce, e o embaixador chinês na Bolívia, Huang Yazhong, e vários governantes aguardavam a chegada no aeroporto de Santa Cruz este carregamento, que será distribuído aos nove departamentos da Bolívia a partir desta quinta-feira.

14H33

REPÚBLICA CHECA: Governo reconhece situação dramática do país devido ao aumento dos contágios

O Governo checo reconheceu hoje que a situação é "dramática" no país, que atualmente tem a maior incidência de contágio pelo novo coronavírus na União Europeia e onde as unidades de cuidados intensivos estão com 85% da sua capacidade de internamento preenchida. “A situação é dramática. Além da mutação detetada no Reino Unido, temos também a [variante] sul-africana. Temos que apertar as medidas porque, caso contrário, graves problemas de saúde nos aguardam nas próximas duas semanas”, alertou primeiro-ministro, o populista Andrej Babis. O país registou 15.672 casos nas últimas 24 horas.

14H32

UCRÂNIA: Campanha de vacinação começa hoje

A Ucrânia iniciou hoje a sua campanha de vacinação contra a covid-19, após algumas dificuldades na aquisição das vacinas, anunciou o ministro da Saúde, Maxim Stepanov. "Hoje o processo de vacinação contra a covid-19 começou na Ucrânia", disse o ministro, de acordo com a agência ucraniana Unian. As primeiras vacinas foram enviadas hoje às 07:00 locais (05:00 em Lisboa), para as várias regiões do país.